19 de dezembro de 2014

“O Poder da Escolha” autora Zibia Gasparetto.



Bom dia

Você acredita que o temperamento define o conhecimento do espírito e não muda e melhora conforme o grau de evolução?

Acredita que diante das escolhas de cada um, tudo está certo e do jeito que pode estar?

Ainda não tenho uma resposta definitiva sobre os questionamentos acima mencionados, provenientes de afirmações registradas na obra “O Poder da Escolha” autora Zibia Gasparetto - 1ª edição/2014 – Editora Sextante – Editora Vida & Consciência.

Sinopse: Júlio, um empresário promissor, decide sair de casa para morar com a exuberante Magali, deixando para trás quinze anos de casamento. Eugênia, a esposa, ao descobrir que havia sido abandonada, passa a acreditar que viver não vale mais a pena.
Em meio a uma intensa trama, que mescla amor, crime, traição, sequestro e redenção, Eugênia e Magali terão de aprender, cada uma à sua maneira, que nada na vida acontece por acaso e que o poder da escolha é absoluto na criação de nossos destinos.

Resenha: Neste trabalho o leitor vai conhecer as consequências (bônus e ônus) da crise emocional; apego excessivo as relações desgastadas; abandono de si mesmo em favor do bem estar do nosso semelhante; suicídio; caridade; recomeço; filho (a) adotivo.
Fiquei emocionada com a forma como foi abordado o tema filho (a) adotivo. Responsabilidade emocional e financeira elevada à devida proporção por tratar-se de uma decisão sem volta.

Excelente sexta-feira.
Kátia Regina Maba

Blumenau (SC).

10 de dezembro de 2014

“Uma doença grave modifica a gente. Ou simplesmente revela quem nós somos”, pg. 113. – Antes de Dizer Adeus.



Bom dia

Quando há cumplicidade na vida a dois desde o início do casamento, o cenário de aventura ou desafio não passa despercebido por que os personagens exercitam a capacidade de analisar os acontecimentos de diferentes ângulos.

Em virtude do pensamento acima mencionado, recomendo a leitura da obra “Antes de Dizer Adeus”. Gênero biografia & memórias – autora Susan Spencer-Wendel e Bret Witter - 1ª edição/2013 – Editora Sextante.

Sinopse: Em junho de 2011 Susan teve o diagnóstico de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA). Também conhecida como doença de Lou Gehrig. Essa condição degenerativa é progressiva e destrói sistematicamente todos os nervos que estimulam os músculos do corpo. Ela tinha 43 anos, um marido dedicado, três filhos e apenas um ano de vida saudável pela frente.
Determinada a viver esse último ano com alegria, Susan deixou seu emprego como jornalista e decidiu passar o tempo que lhe restava ao lado da família. Ela construiu um espaço de convivência para receber os amigos no quintal de casa e planejou sete viagens com as pessoas mais importantes de sua vida.

Resenha: Susan Spencer-Wendel não deixou transparecer através desta obra que tinha como objetivo levantar a bandeira de vítima ou constante pensamento no momento da morte física. Antes de qualquer percepção de perda, o leitor é apresentado a uma homenagem particular de encarar a vida.

Para fins de conhecimento, segue endereço de acesso a um trecho do livro em pdf - http://www.esextante.com.br/publique/media/Antes%20de%20dizer%20adeus_Trecho.pdf


Excelente quarta-feira.
Kátia Regina Maba

Blumenau (SC).

29 de setembro de 2014

“A vida e a possibilidade de ser feliz acontecem sempre num agora”, pg. 54. - Amor até debaixo d’água.



Boa tarde

Recomendo a obra  "Amor até debaixo d’água" romance biográfico elaborado pela australiana Torre DeRoche. - 1ª edição/2014 – Verus Editora Ltda.

Sinopse: Torre DeRoche é uma mulher urbana e independente e está muito bem sozinha. Mas, quando conhece um belo argentino em um bar em San Francisco, se sente imediatamente atraída e acaba se apaixonando. Só há um problema – em breve ele vai partir numa viagem de barco ao redor do mundo, e Torre tem pavor do mar. Agora ela precisa tomar uma difícil decisão – ver o amor de sua vida ir embora sozinho para sempre ou se juntar a ele nessa jornada emocionante.

Resenha: Excelente obra para quem está a um passo de realizar um sonho. Estímulo para as pessoas
interessadas em superar o medo de permanecer no mar ou não, kkk.
Uma prova de que nada é impossível para quem acredita no significado da palavra possibilidade.
Acredito que esta história teve sua origem na criação familiar da Torre e do Ivan com uma dose de aventura.
Senso de humor é algo constante na visão da Torre diante dos muitos altos e baixos no seu relacionamento com Ivan e no decorrer da voagem náutica.
Locais que receberam a visita de Torre e Ivan: Baía da Tartaruga, Cabo São Lucas.
Polinésia francesa/Ilhas: Hiva Oa, Baía de Atuona, Atol de Apataki, Lagoa de Moorea, Ilha de Raiatea, Tonga.


Excelente segunda-feira.
Kátia Regina Maba

Blumenau (SC).

3 de setembro de 2014

“O Caso dos Ossos” romance brasileiro (anti) policial - Autoras: Carla Fernanda da Silva e Sally Satler.



http://liquidificador.art.br/editora/o-selo-editorial/


Bom dia

Recomendo a obra “O Caso dos Ossos” romance brasileiro (anti) policial, elaborado a quatro mãos por Sally Satler e Carla Fernanda da Silva - 1ª edição/2014 – Liquidificador Produtos Culturais.

Sinopse: Sentei-me na velha poltrona e reli as anotações d’O Caso dos Ossos’, revi as fotografias e depoimentos. Rememorei os dias de investigação e percebi que a única forma das pessoas conhecerem os fatos seria eu contando, pois muitos detalhes não estavam escritos. E se eu entregasse essa pasta para o atual delegado ou à imprensa?
Certamente correria o risco de ser incinerada, como me havia sido ordenado anos atrás.

Resenha: O romance acima mencionado se dá a partir do roubo dos ossos do Dr. Blumenau.
O leitor é apresentado a Otto Schurkemann e seus conflitos pessoais, misturados a uma profissão que o obriga a entrar na privacidade dos conflitos da sociedade a qual pertence na cidade de Blumenau (SC). Otto apresenta-se preocupado em não decepcionar os seus e evita expor os sinais do tempo diante da equipe de trabalho.
Parte do trabalho de investigação realizado por Otto é realizado em parceria com o policial Bruno. Este personagem demonstra boa vontade, mas, em sua mente as falas provenientes do seu ego não se calam e insiste que o mesmo precisa livrar-se do controle hierárquico, ação que o impede reconhecer sua importância nas investigações.
Nos acontecimentos registrados nas páginas finais do livro, as autoras concedem ao leitor a oportunidade de avaliar este trabalho. O leitor inquieto perceberá que ficou em sua mente uma chave (pergunta) diante de uma porta que o mesmo ainda não tem autonomia para abrir.
Excelente desfecho e no aguardo do próximo volume.

Perfil das escritoras:
Carla Fernanda da Silva: é historiadora e professora. Autora de Grafias da Luz: a narrativa visual sobre a cidade na revista Blumenau em Cadernos (Edifurb, 2009), organizou o livro Clio no Cio: escritos livres sobre o corpo (Casa Aberta, 2010), coorganizou o livro Corpos Plurais: Experiências Possíveis (Liquidificador, 2012) e a exposição fotográfica Escritos da Carne, contemplada pelo prêmio Elisabete Anderle (2010). Também coproduziu o documentário Cultura Negra: identidade e diferença em Blumenau. (2009). Adora ler, escrever, e é aficionada por fotografia. 

Sally Satler: é advogada e procuradora municipal. Descobriu na escrita uma forma de expor criticamente suas percepções sobre a cidade, a cultura, a arte, trazendo olhares de outros lugares e mundos. Escreve para portais e jornais de Florianópolis, Blumenau e região, bem como no seu blog:www.sallysatler.blogspot.com. Adora viajar, escrever, pedalar. É apaixonada pelas bicicletas.

Excelente terça-feira.
Kátia Regina Maba

Blumenau (SC).

28 de agosto de 2014

“Felicidade Roubada” - Augusto Cury 1ª edição/2014 – Editora Saraiva.


Boa tarde

Recomendo a obra “Felicidade Roubada” romance brasileiro, elaborado pelas mãos do escritor Augusto Cury 1ª edição/2014 – Editora Saraiva.

Sinopse: E se de repente você perdesse a capacidade de fazer aquilo que dá sentido à sua vida? E se fosse paralisado por seus medos? 
O protagonista da obra, Alan Alcântara, é um bem-sucedido neurocirurgião, que dedica grande parte de seu tempo à medicina. Cético e pragmático, não reconhece qualquer sinal de fraqueza em si e tem dificuldade em lidar com pessoas lentas. Durante uma cirurgia, no entanto, Alan é acometido por uma crise de pânico e não é capaz de terminar o procedimento, deixando a responsabilidade para seu auxiliar. Ele pensa estar sofrendo um ataque cardíaco, e não admite o diagnóstico – transtorno psíquico. Em hipótese alguma, seu mal-estar poderia ter origem emocional. Isso é para fracos, acredita o médico. Alan verá suas certezas desmoronarem diante da doença – que irá significar, em última instância, uma oportunidade rara de ele se reconstruir como ser humano.

Resenha: É certo que muitas das afirmações do autor através das falas do psicoterapeuta Marco Polo são ferramentas de reflexão e outras verdadeiras chaves, de natureza direta ao entendimento, mas, o leitor poderá descobrir a verdadeira pérola desta obra caso a sua crença ou ceticismo não se torne uma barreira para conhecer outras áreas de estudo e pesquisa, e com isto melhorar o entendimento da nossa própria história e consciência.

Perfil do escritor: Augusto Jorge Cury é um psiquiatra, psicoterapeuta, escritor e cientista brasileiro. Nasceu em Colina (SP). Autor de vários livros de grande sucesso no Brasil,  estudioso sobre as dinâmicas da emoção e da construção dos pensamentos


Excelente quinta-feira.
Kátia Regina Maba

Blumenau (SC).

20 de agosto de 2014

“Muito Além da Loucura” romance biográfico brasileiro.


 
Boa tarde 
 
Recomendo a obra “Muito Além da Loucura” romance biográfico brasileiro, elaborado pelas mãos do escritor Marcelo Simões. 1ª edição/2013 – Geração Editorial. 
 
Sinopse: Dinheiro, drogas, sexo e política são ingredientes desse segundo romance de Marcelo Simões, baseado em fatos reais ocorridos na Bahia no início dos anos 70.
 
Marcílio Moura Maia tinha apenas 19 anos quando engendrou e deu cabo de um plano macabro para ficar com a herança do pai, um bem-sucedido empresário português que chegou ao Brasil muito jovem e fez fortuna vendendo tecidos.
Louco ou alguém desprovido de qualquer valor sentimental e moral? 
 
Recomendo a leitura do livro acima mencionado por que o gênero biográfico costuma prender a atenção do leitor até o último capítulo. Certamente alguns trechos são provenientes das percepções e criações literárias do escritor, mas, os resultados das pesquisas feitas por Marcelo despertam no leitor sentimentos de indignação, apreensão e nos últimos capítulos sérias dúvidas sobre a possibilidade de um final com base na justiça seja feita.
Nos tempos atuais histórias semelhantes ainda se repetem, deixando a nítida impressão de que ainda acordamos com o inimigo, quando isto é possível. 
 
Perfil do escritor: Marcelo Simões é natural de Salvador (BA), jornalista e publicitário tem uma longa carreira dedicada ao marketing político.
 
Excelente quarta-feira para você.
Kátia Regina Maba
Blumenau (SC).

13 de agosto de 2014

“Um Milagre chamado Grace” romance ficção norte-americana.





Bom dia

Recomendo a obra “Um Milagre chamado Grace” romance ficção norte-americana, publicado pelas mãos de Kristin Von Kreisler. Além da literatura a autora atualmente também se dedica ao cuidado e resgate de animais. Edição 2014 – Única Editora.

Sinopse: Depois de ter sobrevivido a uma tragédia em que vários de seus amigos foram mortos, Lila Elliot sabe que suas cicatrizes só amenizarão com o tempo. E ela é grata pelo carinho de sua melhor amiga, que a hospedou em sua casa para que ela não ficasse sozinha e recebesse seus cuidados. Entretanto, algo em seu coração não consegue esquecer a tristeza e a dor desse trauma. Até que ela conhece Grace, uma golden retriever que sofreu abusos e maus tratos, mas que havia sido resgatada por Adam, um homem de bom coração que não suportou ver um animal tão triste e sofrido.

O romance acima mencionado é recheado de situações cotidianas, com o objetivo de chamar a atenção do leitor para as consequências do não refletir sobre sua linha de pensamento fixa em: coincidências; ameaça de morte pelas mãos de pessoas do nosso convívio; fixação na busca de culpados ou inocentes para justificar o acontecimento de coisas boas ou ruis; intolerância; trauma de infância e perdão.
Dependendo da experiência de vida do leitor e grau de amadurecimento emocional ele experimenta uma sensação de desconforto até a página 157, por que uma das personagens principais opta por ficar presa ao passado em troca do reconhecimento da importância do nosso presente, quando sobrevivemos a algo que ainda não compreendemos.

Excelente quarta-feira para você.
Kátia Regina Maba

Blumenau (SC).

1 de agosto de 2014

“Treze Almas” publicado pelas mãos do espiritualista Marcelo Cezar.



Boa tarde

Recomendo a obra “Treze Almas” publicado pelas mãos do espiritualista Marcelo Cezar e psicografado pelo espírito de Marco Aurélio por que o leitor é motivado a refletir sobre os seguintes temas: impulsividade, justiça, estima, desencarne coletivo, ódio, ciúmes e perão.

Quando conheci a resenha do romance acima mencionado o tema desencarne coletivo despertou o meu interesse. A comoção é maior e a falta de informação dos que pertencem ao plano terrestre limita a análise e compreensão do conceito de justiça, culpados e inocentes.
Desapego também é outro tema abordado neste romance, inclusive dos laços o mais forte: mãe e seu filho (a).

 

Sinopse: Em 1974 o centro de São Paulo foi palco de uma tragédia marcante. Um incêndio no Edifício Joelma deixou aproximadamente duzentos mortos e entre eles treze pessoas que ficaram presas em um dos elevadores e cujas identidades nunca foram descobertas. Mas uma dessas almas revela-se e narra sua história para Marcelo Cezar, por meio do espírito Marco Aurélio. Após descobrir fatos reveladores que envolvem sua família, Lina decide construir uma nova vida e muda-se para São Paulo.

Perfil do escritor: Marcelo Cezar é escritor a mais de trinta e cinco anos, dedica-se aos estudos da obra de Allan Kardec e de outras correntes espiritualistas e filosóficas ligadas à reencarnação, que promovam bem-estar e entendimento para uma vida melhor.


Excelente sexta-feira para você.
Kátia Regina Maba

Blumenau (SC).

“Mulheres às Avessas” da escritora Lígia Guerra.




Boa Tarde

No dia 30 de julho de 2014 (quarta-feira) eu participei do bate-papo e sessão de autógrafos do livro “Mulheres às Avessas” da escritora Lígia Guerra - http://ligiaguerra.com.br/, realizado no shopping Neumarkt - Blumenau (SC).

Na ocasião Lígia Guerra compartilhou com o público presente o resultado de suas pesquisas e diálogos com homens e mulheres sobre as mudanças para melhor e comportamentos ainda conflitantes nos relacionamentos afetivos, vida profissional e círculo de amigos do universo feminino. 

Lígia possui formação em psicologia com especialização em Psicologia Analítica e do Trabalho. Atua como palestrante na área comportamental e consultora de empresas.

Excelente sexta-feira para vocês.
Abraços
Kátia.

18 de julho de 2014

“Na Ponta dos Pés" - Autora: Ana Cristina Vargas de Pelotas (RS).



Bom dia

Recomendo a obra “Na Ponta dos Pés – Os opostos: sofrimento e alegria na relação entre mães e filhos” – romance espírita por que este trabalho utiliza-se da apresentação das inúmeras consequências provenientes do não encontro do amor, carinho e compreensão entre a mulher que se torna mãe e o ser que recebe na condição de filho (a).
Também é apresentado ao leitor o pequeno foco de incêndio chamado “insatisfação” e “medo do sentimento de perda”.
A história relata a busca aparentemente sempre distante dos momentos considerados de plena felicidade, não admitindo a hipótese de analisar sentimentos e ações próprias para o mesmo objeto de busca.
Com relação ao sentimento de perda, ao leitor é oferecida a compreensão dos perigos de vivenciar determinados fatos na condição de ameaça de que algo ou alguém não mais pertencerá a minha vida, quando na verdade nada ou ninguém nos pertence. A razão de suas existências é muito maior que o simples sentimento de posse.

 

Sinopse: Os vínculos entre mães e filhos ultrapassam as barreiras da matéria: são sentimentos densos que envolvem fatores psicológicos, emocionais, educacionais e espirituais. Conhecendo presente e passado da família Fontes/Batista, o leitor desvendará os caminhos que os reuniram, como cada um vivenciou a experiência comum, construindo e transformando a si mesmo. Esse é um romance da atualidade, ambientado em uma pacata cidade do interior do Brasil, que mostra como a formação da saúde ou das patologias emocionais atravessam os tempos e se desenvolvem, tecidas com as linhas invisíveis do passado e dos sentimentos vividos, e traduzidos, muitas vezes, pela maneira de andar.

Perfil da escritora: Ana Cristina Vargas mora na cidade de Pelotas (RS), formada em Direito pela UFP e atua nas áreas do direito civil e de família. É fundadora e presidente atual da Sociedade de Estudos Espíritas Vida atuando como espírita desde 1985, oradora e médium atuante que desenvolve diversas tarefas na área social e doutrinária de sua cidade.


Excelente sexta-feira para você.
Kátia Regina Maba
Blumenau (SC).

27 de junho de 2014

“Moisés Bertoni – Uma vida para a ciência” - Aline Niemeyer e Evaldo Buttura


Bom dia

A obra “Moisés Bertoni – Uma vida para a ciência” – Biografia merece um destaque especial na vida do leitor. Este trabalho de Aline Niemeyer e Evaldo Buttura são relatos com conhecimento de causa, conteúdos que no mínimo acrescentam ou esclarecem alguns temas nas seguintes áreas:
Antropologia, astronomia, botânica, geografia, medicina, meteorologia, mineralogia, política, química, sociologia e zoologia. Encontrei resultados de pesquisas e demais detalhes que somente a experiência pessoal proporciona e cem por cento relevantes para o nosso dia a dia.

No capítulo à Educação e a Moral Guaranis gostei de conhecer os valores que compõe a relação pais e filhos: vigília com o objetivo de evitar acidentes ou atitudes inconvenientes; diálogo amigável para o entendimento da razão; paciência; insistência e persuasão. Capacidade de autocontrole é um dos objetivos da educação em família na cultura guarani.
Quantos dos valores acima citados ainda fazem parte da nossa sociedade no círculo familiar? 

Conheça um pouco mais sobre a obra através do vídeo Entrevista com Aline Niemeyer – Youtube.

 

Sinopse: Em plena selva virgem o empreendedorismo de Moisés Bertoni criou a Estação Agronômica Experimental de Puerto Bertoni, um observatório meteorológico e um museu de História Natural com mais de 40.000 espécies diferentes. Foi pesquisador e conhecedor de Agronomia, Antropologia, Astronomia, Botânica, Cartografia, Climatologia, Comércio, Educação, Entomologia, Etnologia, Fitoterapia, Geografia, Linguística, Medicina, Meteorologia, Mineralogia, Química, Sociologia, Topografia, Zoologia, dentre outras áreas científicas com as quais pudesse se ocupar. Bertoni não se cansava de estudar, era exemplo de determinação e autodidatismo.

Perfil dos escritores: Evaldo Buttura nasceu em Verona (Itália) em 1923. Em 1947 veio para o Brasil e trabalhou na área de agronomia.
Aline Niemeyer nasceu no Rio de Janeiro (RJ) em 1972. Formada em Direito, especialista em Educação e Direito Ambiental. Atua como professora e coordenadora da secretaria e do departamento jurídico do Colégio Bertoni na cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná.

Excelente sexta-feira para você.
Kátia Regina Maba
Blumenau (SC).

27 de maio de 2014

Até que a vida os separe - Mônica de Castro.


Boa tarde

Recomendo o romance espírita “Até que a vida os separe” da escritora e médium Mônica de Castro, porque este trabalho trata de um tema ainda presente de forma significativa em nossas relações familiares, círculos de trabalho e amizade, o “ciúme”.

Ciúme que na maioria das vezes ainda encontra na vida real espaço nas frases: “Quem ama tem ciúme”; “Tenho ciúme porque cuido do que é meu”, etc. Não são afirmações das quais eu compartilho porque acredito que a fraqueza do ciúme tem uma ligação direta com a baixa estima, possessividade ou egoísmo.
Outro tema que emociona no romance acima mencionado é a ação de reconhecimento através do carinho em nosso círculo familiar. Dependendo do estágio da vida no qual se encontra o leitor ou que já constituiu a própria família com a chegada do (a) filho (a), certamente concluirá a leitura com lágrimas.

 

Sinopse: O livro conta à história de um ilustre casal de alta sociedade carioca, que na tentativa de fugir dos problemas, partem numa viagem para a Europa e se veem na Alemanha, quando Adolf Hitler invade a Polônia. Em plena segunda guerra mundial, o casal teme por suas vidas. Não eram alemães  e nem judeus, mas, não sabiam o que poderia lhes acontecer se permanecessem lá.

Perfil do escritor: Mônica é formada em Direito e exerce a função de Procuradora do Trabalho, Desde os tempos de menina tem paixão pela literatura. Certo dia adotou o nome Rosali e começou então seu primeiro romance. Cada dia escrevia um pouco, até descobrir estar psicografando mensagens do seu guia Leonel.


Excelente terça-feira para você.
Kátia Regina Maba

Blumenau (SC).

15 de maio de 2014

“Redenção” - Litssu de Melo.


Boa tarde

Recomendo a leitura da obra “Redenção” publicado em 2009 pelas mãos da blumenauense Litssu de Melo e através do apoio da Editora Autores Catarinenses.

Sinopse: A enfermeira chefe do Hospital Misericórdia do Coração Divino e freira é uma mulher generosa e dedicada a sua profissão. Um verdadeiro anjo diriam uns e uma bruxa suspeitavam outros. Por diversas vezes um passado secreto, um presente aparentemente bom e um futuro incerto com a chegada do novo cirurgião-pediatra, Raav Charleston vai tornar o seu dia a dia uma verdadeira aventura ou um momento de muita reflexão.

No decorrer da leitura do romance “Redenção” da blumenauense Litssu seu público é recebido em um clima de mistério, segredos e olhares que procuram decifrar o que ainda não foi revelado.
O significado do título desta obra está presente em diferentes momentos do romance e faz o leitor refletir sobre a sensação de se sentir redimido das algemas da culpa, provenientes de algo que não permite alterar sua realidade.
Outro tema que chamou a minha atenção está registrado na página 27 o qual trata de “ausência de humildade”. O uso das palavras na ação de superioridade para com o nosso semelhante é no mínimo lamentável, mas, ainda assim merecedor de nossa reflexão.

Perfil do escritor: Litssu nasceu em Blumenau (SC), com sua primeira poesia publicada aos 13 anos. Possui 60 livros escritos. Também é militante da Cultura e Educação. Divide-se entre as profissões de enfermagem, massoterapeuta, voluntária em instituições filantrópicas e abrigos, família, amigos e seu gato Salém.
A escritora possui 03 (três) romances publicadas: “Redenção” (2009); “A Rosa Azul - Consequências” 2010 e “Almas em Chamas” (2011).


Excelente quinta-feira para você.
Kátia Regina Maba

Blumenau (SC).

24 de abril de 2014

Kardec – A Biografia/Miguel Souto Maior - (Fora da caridade não há salvação.).



Boa tarde

Recomendo a leitura da obra “Kardec – A Biografia” publicado em 2013, pelas mãos do autor e jornalista Miguel Souto Maior e através do apoio da Editora Record.

Sinopse: Biografia que apresenta o resultado de muita pesquisa sobre a vida do codificador da doutrina espírita Allan Kardec. O que transformou o cético em referência fundamental de uma filosofia? O que o convenceu a acreditar que os mortos estavam vivos e se comunicavam através dos médiuns? Foi em busca de respostas para estas perguntas que o autor, biógrafo de Chico Xavier, saiu a campo. O resultado de sua pesquisa é um retrato do homem que virou símbolo de uma doutrina para milhões de seguidores e ajudou a transformar o Brasil no maior país espírita do mundo.

Em minha opinião o resultado da pesquisa bibliográfica feita pelo Miguel para fins de elaboração da obra “Kardec”, representa o registro de vida de um ser humano persistente, firme em sua fé em Deus, leal a sua linha de pensamento através de inúmeras confirmações da vida após a morte. Apesar do gasto de energia vital em responder as provocações e acusações das mentes contrárias a Filosofia Espírita, Allan Kardec sempre procurou combater o mal com ações no bem.
Conheça através do vídeo Youtube Marcel Souto Maior fala sobre o lançamento de 'Kardec - A Biografia parte da trajetória da pesquisa realizada por Miguel na elaboração de mais uma obra.

Perfil do escritor: Miguel se autodeclara ateu, mas, tem se notabilizado acerca do Espiritismo e do médium Chico Xavier, títulos: As Vidas de Chico Xavier e Por trás do véu de Ísis.

Excelente quinta-feira para você.
Kátia Regina Maba
Blumenau (SC).

11 de abril de 2014

“O Segundo Grande Elo - O exército que ninguém viu” - Elizabeth Pereira.



Bom dia

Recomendo a leitura da obra “O Segundo Grande Elo - O exército que ninguém viu” gênero romance espírita publicado em 2013, pelas mãos da médium Elizabeth Pereira e através do apoio da Vivaluz Editora.

Sinopse: Episódios reais ocorridos durante a segunda guerra mundial. Um grupo de espíritos em missão na crosta terrestre a serviço de Jesus atua intensamente amparando soldados e civis de todas as nacionalidades. O livro é constituído de 14 histórias sobre homens e mulheres que tem suas vidas entrelaçadas, em meio aos horrores da guerra e a ação do exército de Jesus.

O Segundo Grande Elo apresenta ao leitor o empenho de alguns membros da espiritualidade no cuidado especial ao auxiliar recém-desencarnados diante do egoísmo humano através das guerras. Da mesma forma que ocorre no plano astral nas inúmeras casas do pai conforme palavras de Jesus Cristo também ocorrem no plano terrestre o devido socorro.

Esclarecimentos sobre as reações da culpa, desculpas, perdão, colocar-se em situação de extremo risco em favor da vida do nosso semelhante e amor em suas diferentes manifestações são algumas das razões que mais cativam o leitor.

Encontramos nesta obra afirmações que falam por si mesmas com o respaldo do comportamento humano atual, independente do exercício ou não de reflexão do autor:

“Todo desastre coletivo reúne pessoas com algo em comum, que necessitam da mesma lição.” Pág. 424.

“A nova era está muito próxima. A terra regenerada é para sublimação, não para quitação de débitos.” Pág. 425.

“Todo excesso em nossa vida não nos pertence.” Pág. 426

“Dividir é a melhor maneira de nos sentirmos completos.” Pág. 427

Perfil do escritor: Elizabeth Pereira nasceu em Oliveira (MG), pertencente a família católica e sua mediunidade manifestou-se de forma tranquila desde a infância. Ingressou no Grupo Espírita Jesus de Nazaré onde atua até os dias de hoje.

Excelente sexta-feira para você.
Kátia Regina Maba

Blumenau (SC).

4 de março de 2014

“Um Porto Seguro” gênero romance drama/ficção norte-americano de Nicholas Sparks.




Boa Tarde.

Recomendo a leitura de Um Porto Seguro gênero romance drama/ficção norte-americano de Nicholas Sparks. Publicado em 2010 e traduzido em 2012. Editora Novo Conceito.
Pulei muito no feriado de carnaval (03 e 04/03/2014) de uma página a outra com a certeza de ter aproveitado bem o meu tempo livre.

Sinopse: Quando uma mulher misteriosa chamada Katie aparece repentinamente na pequena cidade de Southport, na Carolina do Norte, questionamentos são levantados sobre seu passado. Linda, mas discreta, Katie parece evitar laços pessoais formais até uma série de eventos levá-la a duas amizades relutantes: uma com Alex, o viúvo, com um coração maravilhoso e dois filhos pequenos, a outra com sua vizinha muito franca, Jo. Apesar de ser reservada, Katie começa a baixar a guarda lentamente, criando raízes nessa comunidade solícita e tornando-se próxima demais de Alex e de sua família. No entanto, quando Katie começa a se apaixonar, ela se depara com o segredo obscuro que ainda a assombra e a amedronta: o passado que a deixou apavorada e a fez cruzar o país para chegar ao paraíso de Southport. Com o apoio simpático e insistente de Jo, Katie percebe que deve escolher entre uma vida de segurança temporária e outra com recompensas mais arriscadas... e que, no momento mais sombrio, o amor é seu único refúgio.

Este trabalho de Nicholas eu conheci através da gentileza do meu companheiro Kiko. Primeiramente ele reservou o material em DVD e logo após o meu aniversário presenteou-me com a obra na forma impressa. Adorei sua iniciativa, uma excelente surpresa.
Como já conhecia a história estava curiosa para saber como Nicholas elaborou as cenas que abordavam os temas centrais: segredo em família, recomeço, falecimento, paternidade, violência física contra a mulher e dominação.
O leitor não deveria ser muito curioso quando é apresentada a obra impressa após conhecer a produção nas telas do cinema, mas, é quase inevitável a espera por comparações ou detalhes, com direito a novas emoções e você começa a reviver cada agonia, emoção e carinho.

Dos temas acima mencionados nesta obra “violência física contra a mulher” é o que choca mais. Talvez por que ainda é muito presente em nossa sociedade e tornando a vítima praticamente vulnerável diante da lei ou ausência de saída e recomeço. Há momentos que você tenta interagir com a personagem na esperança de alertar para o perigo que se aproxima.

Perfil do escritor: Nicholas viveu sua juventude na Califórnia e vive atualmente na Carolina do Norte.
Sparks é um autor consagrado tendo publicado 16 livros traduzidos para 46 idiomas e alcançando mais de 50 milhões de cópias vendidas em todo o mundo. Seus livros também alcançaram sucesso nas telas de cinema, sendo transformadas em filmes diversas de suas obras e também obtendo sucesso imediato.


Excelente terça-feira para você.
Kátia Regina Maba

Blumenau (SC). 

26 de fevereiro de 2014

Feliz por Nada - Martha Medeiros.



Recomendo a leitura de “Feliz por nada” gênero crônica brasileira, primeira edição 07/2011 da gaúcha Martha Medeiros.

Este trabalho chegou as minhas mãos em 2012 e comecei a ler, mas, a concentração necessária não se manifestava, logo, voltou para fila de espera. Neste ano de 2014 retornei as páginas que estavam à espera do momento mais adequado, ou seja, dotado do mais puro interesse.

As crônicas que mais chamam a minha atenção é sobre paixão ou amor. Em minha interpretação trata-se de dois temas que possuem espaço em um mesmo texto, mas, feito água é óleo não se misturam.

Sinopse: Nesta obra foram reunidas crônicas publicadas no Zero Hora de Porto Alegre (RS) e O Globo (RJ). Martha dialoga com o seu leitor de forma direta feito bate-papo de happy hour. Abraço, Deus, gentileza, cordialidade, ausência, filhos, eternidade, amizade, etc... são os temas explorados e a bola da vez para a devida reflexão.
Alguns bônus interessantes que Martha oferece ao seu leitor em suas crônicas são dicas de livros e filmes que de alguma forma alinham-se a sua forma de pensar: O Clube do Filme – David Gilmour (livro); A Trégua – Mario Beneditti (livro); Caramelo (filme franco-libanes).

Perfil do escritor: Martha nasceu em Porto Alegre (RS) em 20 de agosto de 1961. Atualmente exerce a profissão de jornalista. É colunista do jornal Zero Hora de Porto Alegre (RS) e de O Globo do Rio de Janeiro (RJ).
Esta gaúcha também é conhecida como escritora (cronista), aforista e poetisa brasileira.

Excelente quarta-feira para você.
Kátia Regina Maba

Blumenau (SC).

26 de janeiro de 2014

“Minha Vida com Boris”



Para as pessoas que possuem um carinho especial pelos seus bichinhos de estimação, em especial os cachorros, recomendo ler o livro “Minha Vida com Boris” da brasileira Thays Martinez, publicado em 2011, gênero: autobiografia.

Sinopse: Numa manhã de maio de 2000, a advogada Thays Martinez e seu cachorro Boris saíram dos Estados Unidos para São Paulo. Os dois tiveram a entrada barrada numa estação de metrô, pois os animais não eram permitidos nas instalações. Os funcionários da estação não aceitaram nem mesmo o argumento de que cães-guia são instrumentos de acessibilidade e autonomia para pessoas com deficiência visual, como Thays, cega desde os quatro anos. Neste livro, ela relata o ocorrido, abordando, também, a ação judicial que moveu contra o Metrô e sobre sua relação de amizade com Boris.  

São poucos os livros que me fizeram chorar. As fases de convivência entre Boris e Thays em São Paulo (SP) a qual durou 11 anos, trouxe a lembrança momentos de emoção também descritos em “Marley e Eu” e “Sempre ao Seu Lado”.
Adorei o livro por que Thays não procurou obter favores ou privilégios em virtude de sua deficiência visual, ao contrário, por uma questão de caráter e formação acadêmica fez uso de recursos legais para exercer o direito de ir e vir, mas, foi preciso mais de quatro anos para romper com uma barreira chamada “ausência de bom senso”.

Recomendo também assistir a algumas entrevistas da autora no youtube:
Thays Martinez e "Minha Vida com Bóris"

Thays Martinez fala sobre seu livro, "Minha vida com Boris"

 

Perfil da autora: Thays Martinez tinha apenas quatro anos quando perdeu a visão por conta de um vírus de caxumba. Aos 24 anos, formou-se em direito e algum tempo depois cursou MBA em marketing de serviços. Aos 28 anos, fundou uma ONG, o Instituto de Responsabilidade e Inclusão Social (Íris), e, atualmente, transita sem dificuldades pelo mercado de trabalho, como advogada, consultora de empresas e professora de direito. Além disso, ministra palestras em empresas e em estabelecimentos de ensino.


Abraços
Kátia Regina Maba

Blumenau (SC). 

23 de janeiro de 2014

“Novamente Juntos” da escritora mineira Vera Lúcia.




Boa tarde 

Recomendo a leitura do romance “Novamente Juntos” da escritora mineira Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho publicado 1999. 

Sinopse: O que há por trás de encontros inusitados de almas que de repente se encontram, se apaixonam e decidem compartilhar seus sonhos, alegrias e desventuras?

Ana e Gustavo se conhecem no restaurante em que ela trabalha e, imediatamente, ele se apaixona e decide convidá-la para morar em sua chácara, iniciando assim uma nova fase na vida de ambos. Mas, às vezes a vida prepara surpresas e eis que surge do passado Gilberto, ex-companheiro de Ana, que vem perturbá-los e impedi-los de ser felizes.  

Este romance apresenta um dos motivos pelo qual às vezes insistimos em relações afetivas que nada agregam de positivo as nossas vidas. Relações que causam sofrimento emocional, rejeição, dominação e agressões físicas. Também trata de reencontros que resultam em relações pautadas no significado da palavra companheiro (a).

No decorrer da história a escritora Vera Lúcia apresenta as consequências, mesmo que possam parecer tardias, do ato de não cumprir perante um filho (a) a presença de pai, mãe ou responsável.

Excelente quinta-feira para você.
Kátia Regina Maba
http://www.skoob.com.br/estante/livros/todos/17521/page:1
Blumenau (SC).

20 de janeiro de 2014

“O Próximo Passo” do escritor paulistano Marcelo Cezar .




Bom dia 

Recomendo a leitura do romance “O Próximo Passo” do escritor paulistano Marcelo Cezar porque retrata as consequências do ato da rejeição entre pais, filhos, envolvimento afetivo, tec..

Sinopse: O que faz uma filha rejeitar a mãe? E o que faz uma mãe rejeitar o próprio filho? Muitas vezes, o comportamento entre pais e filhos é reflexo de como se relacionaram em vidas passadas. O próximo passo conta a história de amor de Olívia e Frederico, dois jovens que sentem na pele a pior das rejeições. Em uma narrativa apaixonante, somos levados a retroceder alguns anos, a fim de compreender este sentimento que os domina, percebendo como os personagens aprendem, ao longo do tempo, a superar os traumas de uma rejeição e caminhar para uma vida com menos drama e mais felicidade. 

Este romance ressalta a importância de reconhecer que, cada ser humano tem condições de oferecer ao seu semelhante somente o que já foi assimilado através da conscientização.

Em virtude de alguns desencontros na vida dos personagens no romance acima mencionado, da mesma forma que ocorre no nosso dia a dia, optaram por desistir de refazer suas vidas afetivas, mas, a partir do momento que melhoramos a nossa linha de pensamento reconhecendo virtudes e compreendemos que somos seres sociais, a vida encarrega-se de proporcionar uma nova oportunidade, um recomeço. 

Excelente segunda-feira para você.
Kátia Regina Maba
http://katiareginamaba.blogspot.com/     
Blumenau (SC).


9 de janeiro de 2014


Boa tarde

Recomendo a leitura do romance brasileiro/ficção “De um grande amor e de uma perdição maior ainda” da escritora gaúcha Letícia Wierzchowski.

Sinopse: Bibico Nunes é um mulato de inesquecíveis olhos azuis que coleciona mulheres por onde passa, até o dia em que se apaixona por Cecília Antônia de Alfierez, a rica viúva de um deputado. Como na mitologia grega, quando as deusas do Olimpo disputam o belo Páris, Bibico Nunes é um mulato ambicionado não apenas pelas mulheres de carne e osso, mas também pelas mulheres imortais, as deusas feitas de areia, de vento e de mar, senhoras do Cadomblé: Iansã, Oxum, Obá e Iemanjá.

Letícia novamente surpreende seu leitor através de uma narrativa na primeira pessoa, na maioria das vezes, a qual explora o sentimento da paixão, seus mistérios e o preço a pagar por quem a ela submete-se. A referida escritora também é responsável pelo excelente trabalho que resultou na “A Casa das Sete Mulheres”, exibido em uma série televisiva em 50 capítulos.

Perfil do escritor: Letícia Wierzchowski nasceu em Porto Alegre (RS) em 1972 e estreou na literatura em 1998. Consulte os trabalhos já publicados de Letícia no site http://www.leticiawierzchowski.com.br/

Excelente quinta-feira para você.
Kátia Regina Maba

Blumenau (SC).